Uni versos e versos

Uni versos e versos
by gabi grisi

quinta-feira, 28 de agosto de 2008

É preciso cantar


Ah doce solidão devastadora de corações genuínos. O mar arrebenta em mim,a brisa vem invadindo aos poucos
a minha pura alma,e me sinto leve,leve como um pássaro numa manhã de primavera.
E sinto que estou amando novamente. Amar,amará,amou,amarás,amaram, amei. Hei de conjugar os verbos
em todos os tempos,pois quando se está amando não se pensa em outra coisa a não ser amar.
Fecho os olhos, pego na sua mão e andamos ao redor da lagoa e aquela velha garça ainda está lá, as crianças brincam ao fundo com outras crianças,e é mais um dia de céu azul,de sol brilhando,tudo é belo e estonteante,sentaremos naquele banquinho, recitarei Drummond para você, farei mil juras de amor, e você recitará para mim Vinicius e diz que
sabe que vai me amar por toda a sua vida e que ficará para sempre ao meu ladinho,nos entreolhamos, sorrimos, chegamos mais perto e ...
E acordei, acordei querendo não acordar, eu gostaria tanto de poder continuar,mas o sonho acabou.
A realidade está de volta e é tão difícil de aceitá-la, e o meu coração chora de tristeza, e só me resta,uma coisa, cantar, cantar, e cantar.


(Gabriella Grisi)

Um comentário:

EMPOEMAMENTO disse...

Você é linda, essa canção é só para dizer e, diz!