Uni versos e versos

Uni versos e versos
by gabi grisi

segunda-feira, 5 de maio de 2008

Á vagar

Escrevo na noite vazia ,
E a sinestesia vai surgindo,
Os meus versos á vagar
Devagar vão partindo.

Vidas vão passando,
Rodas vão girando,
Crianças vão chorando,
E em nada vejo sentido.

Busco um horizonte inatingível
E vou sobrevoando o espaço sideral
Versos batem na minha janela,
e sem nenhuma licença pedir,
vão invadindo o meu quintal.

Dentro da caixinha desvairada
Eles encenam num teatro sem platéia,
E os versos vão vagando
Nessa pintura sem cor,amor,ou tela. (Gabriella Grisi)

Um comentário:

Vinícius Aguiar disse...

Poema bem construído e com métrica bem definida. Parabéns Gabi, adorei!